Como melhorar as habilidades na redação?

Como melhorar as habilidades na redação?

Saber fazer uma redação pode te abrir diversas portas: seja para garantir uma boa nota nos vestibulares como ENEM, FUVEST e UECE ou mesmo para participar de concursos públicos como a ESPCEX

Mas, e você? Sabe como melhorar habilidades na redação? Neste artigo, iremos abordar um pouco sobre as principais dicas que você pode utilizar para conseguir fazer um bom texto, confira abaixo!

 

A prática leva a perfeição

É universal entre os professores de linguagens a máxima de que, para escrever bem, é preciso escrever sempre. 

Isso porque, com o hábito, o nosso cérebro vai se acostumando naturalmente com o uso das regras gramaticais, com o fato de ter que pensar sobre um tema para escrever, com o costume de ter que seguir uma estrutura de texto e diversas outras coisas que são necessárias para escrever bem. 

Sendo assim, as chances de que você faça todo o processo de escrita de forma mais rápida e mais eficiente são ainda maiores.

 

Desenvolva o hábito de ler

O hábito de ler com frequência tem diversas vantagens na formação acadêmica de uma pessoa e a principal dela está no fato de que isso ajuda com que o aluno escreva melhor. 

 

Nesse contexto, esse aumento no desempenho da escrita pode ser atribuído, entre outras coisas, a três fatos:

  1. A leitura aumenta o repertório sociocultural do estudante, o que faz com que ele tenha mais conhecimento de mundo e, assim, possibilita que ele escreva sobre temas complexos e temas simples de forma mais confiante;
  2. A leitura faz com que o estudante internalize algumas regras gramaticais e estruturas textuais de forma automática, o que pode ser bastante útil na hora de escrever o texto, mesmo que você não conheça a regra propriamente dito;
  3. A leitura aumenta o vocabulário de palavras conhecidas, o que faz com que o estudante consiga articular melhor as ideias que estão sendo desenvolvidas em sua mente (além de ajudar na resolução de provas);

 

Estude gramática

Você pode ser uma pessoa cheia de ideias geniais, mas se não conseguir colocá-las no papel de forma eficiente, as pessoas não vão te dar credibilidade. Nesse contexto, especialmente para redações de cunho acadêmico ou profissional, o mais importante é que você conheça – e domine – as principais regras gramaticais. 

Para conhecer elas, você pode assistir aulas e ler em livros de gramática, mas o mais importante nesse contexto é que você seja capaz de aplicá-las, sendo assim, busque ajuda profissional para corrigir os seus textos.

 

Em linhas gerais, o que você precisa conhecer é:

  • As classes de palavras (verbos, pronomes, adjetivos, substantivos, preposições, artigos, numeral, conjunção, interjeição e advérbio);
  • Semântica;
  • Regras de pontuação;
  • Regras de ortografia;
  • Regras de acentuação;
  • Frase, oração e período;
  • Entre outras coisas;

 

Assista aulas sobre escrita

Muita gente acredita que a escrita é um dom. No entanto, apesar de estudos comprovarem que realmente existem pessoas que possuem maior aptidão do que outras, de forma geral, qualquer pessoa que se esforce um pouco pode ser capaz de escrever tão bem quanto um autor de romances (ou pelo menos bem o suficiente para receber uma boa nota em uma prova da escola ou de vestibulares).

Nesse contexto, para que isso aconteça, é muito importante que você adote o hábito de assistir aulas para que você compreenda um pouco melhor como a redação funciona. Isso porque cada tipo de redação possui uma estrutura básica que está sendo cobrada. 

Por exemplo, para o ENEM, a estrutura é de uma dissertação argumentativa com proposta de intervenção na conclusão. No entanto, na FUVEST, na UECE ou em concursos públicos, a banca examinadora pode pedir que o aluno escreva uma carta, um anúncio ou até mesmo um artigo de opinião para compor a prova de redação.

 

Faça as pazes com o processo:

Nós, seres humanos, somos criaturas bastante engraçadas. Isso porque acreditamos que, para gostarmos de algo, precisamos ser bons nessa atividade de primeira.

Por esse motivo, muita gente quando tenta escrever uma redação pela primeira vez e não obtém um bom resultado, acaba se desestimulando e demonizando a redação, acreditando que não nasceu para fazer textos. 

Nesse contexto, muita gente que alega não conseguir fazer uma redação propriamente dita tem o processo da escrita como sendo quase como uma tortura. 

Sendo assim, todas as vezes que o aluno senta na cadeira para escrever, por achar todo o processo ruim, chato e desinteressante, tudo o que sai a partir da escrita acaba sendo com baixa qualidade ou então fruto de um esforço desumano.

Por esse motivo, o primeiro passo para escrever bem é tornar o processo de escrita prazeroso e, para que isso aconteça, você, aluno, precisa fazer as pazes com o processo. Para isso, não existe uma regra clara do que é preciso fazer, porém, você pode utilizar as dicas abaixo para descobrir um ponto de apoio.

 

  • Em primeiro lugar, tire da sua cabeça que escrever é um dom: todo mundo é capaz de fazer um bom texto, basta que você se esforce um pouco;
  • A escrita, especialmente na versão acadêmica (no caso de redações de vestibular ou de aula) não tem nada a ver com inspiração, mas sim, com conhecimento de mundo e regras de gramática e de estrutura. Sendo assim, se você tem dificuldade em começar o texto, busque conhecer essas regras e tente automatizar o seu processo de escrita;
  • Planeje o seu texto, faça brainstorms, escolha os argumentos que vai utilizar em cada parágrafo, determine como vai defender cada um deles e ordene o seu texto na sua mente
  • Por mais que você não saiba escrever, comece. Isso pode te ajudar a escrever sem que você perceba. Não precisa ser uma excelente ideia desde o começo, basta que você seja capaz de colocar algo no papel;
  • Não deixe textos inacabados por achar que eles estão “muito ruins”: sempre termine os seus textos e, caso precise, os reescreva. Um texto inacabado pode condicionar o seu cérebro a só aceitar um texto caso ele seja perfeito de primeira;

You May Also Like

Esse site usa cookies e solicita algumas informações para melhorar sua experiência.