Saiba o que analisar antes de comprar uma moto

Saiba o que analisar antes de comprar uma moto

Antes de fechar negócio, é importante conhecer o histórico do veículo e procurar por sinais de batidas

 

Comprar uma moto, seja ela 0 km ou usada, não é algo que pode ser feito por impulso. Afinal, trata-se de um investimento grande e duradouro, o que torna importante analisar diversos aspectos para fazer a melhor compra possível.

 

Você já sabe o que deve ser verificado antes de comprar uma moto para sua garagem? Abaixo, confira algumas dicas sobre o que prestar atenção para não errar na compra.

 

Pesquise o preço na tabela Fipe

O primeiro passo é fazer uma pesquisa detalhada de preços das motos, observando o valor cobrado nos mais diversos modelos. Faça essa etapa sem pressa, pois quanto mais tempo for dedicado para esse levantamento, maiores são as chances de você encontrar a moto certa para você, que esteja dentro da sua realidade financeira.

 

Para facilitar a sua pesquisa, é fundamental consultar a tabela Fipe. Mensalmente, ela atualiza o valor médio de veículos novos e usados, levando em consideração também o ano de fabricação deles. Dessa forma, ela serve como um referencial para saber se o preço cobrado em um anúncio ou em uma concessionária, por exemplo, está de acordo com o restante.

 

Verifique o histórico da moto

No caso do interesse em comprar uma moto usada, é fundamental pesquisar e verificar qual é o histórico dela. Essa checagem é importante para saber se não há débitos em aberto, como multas atrasadas ou o não pagamento do IPVA. A verificação também permite consultar se a documentação da moto, como o seu licenciamento, está devidamente regularizada.

 

Essa verificação pode ser feita nos órgãos de trânsito, como o Detran do seu estado. Neste momento, também aproveite para consultar se há o registro de roubo da moto que pretende comprar.

 

Peça para um mecânico verificar o estado da moto

Uma dica clássica na hora de comprar veículos usados é levá-lo até um mecânico de sua confiança para que ele possa verificar a parte mecânica. Isso também vale para a compra da sua próxima moto, já que a opinião do especialista será fundamental para averiguar tudo isso.

 

Por exemplo, a checagem irá constatar se há vazamentos de óleo no motor, se ele está arrancando de primeira ou se, ao acelerar, a moto faz barulhos ou engasga. O mecânico também irá checar se os pneus estão carecas, se há algum vazamento nos amortecedores da suspensão ou se há problemas na parte elétrica da moto.

 

Faça um test drive

Independentemente se for uma  moto nova ou usada, fazer um test drive é indispensável. É nesse momento que você terá a chance de sentir se realmente está tudo certo com o modelo, com a possibilidade de encontrar possíveis problemas no câmbio ou no motor da motocicleta. Mais importante: com o test drive é possível ver se você realmente se sente confortável pilotando aquela moto.

 

Procure por sinais de alteração

Ao fazer a avaliação de motos usadas, faça uma checagem cuidadosa em busca de sinais de que as peças foram trocadas ou passaram por alteração. Por exemplo, é normal que as porcas e os parafusos apresentem algumas marcas, caso o antigo dono tenha tentado trocar o motor.

 

Outro ponto importante é verificar se a cor da motocicleta presente no documento é a mesma que você está enxergando. Alterações dessa natureza precisam ser registradas, caso contrário, pode haver problemas para o novo proprietário no futuro.

 

Veja se há sinais de batidas

Por fim, é importante também que se procure por sinais de batidas anteriores. Ao comprar uma moto usada, preste atenção na pintura. Se ela tiver um brilho excessivo, pode ser um sinal de que ela passou por reparos recentemente para esconder arranhões ou corrigir raspadinhas que a moto teve.

 

Esse site usa cookies e solicita algumas informações para melhorar sua experiência.